COACHING COACHING MOTIVACIONAL MUNDO SAÚDE PSICOLOGIA

10 Dicas para Você Controlar a Ansiedade

o-DEALING-WITH-ANXIETY-facebook
Eduardo Correa
Escrito por Eduardo Correa

Você conhece alguém que sofre com a ansiedade? Ou então, você é uma pessoa ansiosa? A rotina corrida e repleta de tarefas, os problemas de locomoção nas cidades, os prazos cada vez mais apertados no trabalho, tudo isso acaba levando a uma sensação que estamos sempre correndo de um lado pro outro e sempre falta tempo para fazer tudo que você se propõe. E aí ela aparece, a ansiedade, e acaba se tornando nossa companheira diária.


Por isso, neste texto você vai ver algumas dicas práticas sobre como trabalhar a sua postura mental e conseguir controlar a ansiedade, ou, pelo menos, diminuí-la. Isso porque, embora muitas pessoas pensem que este sentimento é normal, a ansiedade em grande escala pode ser uma porta de entrada para problemas mais sérios de saúde, como depressão, síndrome do pânico e TOC.

Como tratar a ansiedade

Você já teve aquela sensação de que o estômago vai pular pela boca? Ou quando você está prestes a fazer a viagem dos seus sonhos, nos dias que antecedem a viagem você está feliz e com grandes expectativas para que chegue logo o grande dia? Isto é a ansiedade, normal e que acompanha a humanidade desde que o mundo é mundo.

O problema começa quando a ansiedade passa dos limites e a pessoa começa a perceber que devido a este sentimento está começando a comprometer outras tarefas cotidianas ou atrapalhando o sono, por exemplo. Dentre os sintomas que você tem que observar para saber se a ansiedade está passando dos limites, temos:

• Sensação contínua de que um desastre ou algo muito ruim vai acontecer
• Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho
• Medo extremo de algum objeto ou situação em particular
• Medo exagerado de ser humilhado publicamente
• Falta de controle sobre pensamentos, imagens ou atitudes, que se repetem independentemente da vontade
• Pavor depois de uma situação muito difícil.

Nesse momento é a hora de agir.

Mas isso não implica necessariamente em consultar um psicólogo, médico ou psiquiatra. Tudo depende do quanto você sente a sua vida afetada. Certamente você vai se beneficiar se puder contar com o apoio de um profissional. Mas, se não pode pagar, ou ainda não se sente completamente pronto para isso, existem várias técnicas alternativas que você pode experimentar. A eficácia de cada técnica irá variar de acordo com a pessoa, e é por isso que você deve tentar coisas diferentes, até perceber o que funciona melhor para conter sua ansiedade. Confira as dicas abaixo.

O Que Fazer Para Combater a Ansiedade

1) Cafeína: O café é um dos maiores estimulantes da ansiedade. Diminua a ingestão de todas as bebidas que tenham cafeína, e substitua por bebidas que induzam o relaxamento, como chás de ervas.

2) Açúcares refinados: O consumo exagerado de açúcar não afeta apenas a sua relação com a balança, ele é ruim para a sua saúde emocional também. Sabe aquele famoso hábito de tomar água com açúcar para acalmar? Pura crença popular. Você pode até sentir como se o açúcar ajudasse a relaxar, mas passado algum tempo irá causar o efeito oposto.

3) Preocupação: essa parece óbvia não é?! Mas o problema é que nós temos a propensão de nos preocuparmos em demasia com TUDO. Com o que depende e com o que NÃO depende da gente. E isso aumenta a ansiedade. Você pode fazer o seguinte exercício, sempre que notar que está muito preocupado: pergunte-se se o motivo da sua preocupação pode ser resolvido através de ações suas, ou seja, do que depende de você. Anote tudo que você pode fazer para resolver. E se você já fez todo o possível, relaxe, porque ficar remoendo o que não depende de você não vai trazer a solução mais rápido.

ansiedade

4) Praticar atividade física regularmente: a grande maioria das pessoas que sofre de transtorno de ansiedade praticam pouca ou nenhuma atividade física. O exercício físico regular ajuda a distrair a mente, estimular o sistema imunológico, diminuir a tensão muscular, regular o sono e os níveis dos neurotransmissores, cujo desequilíbrio pode causar a ansiedade.

hobbies-605x300

5) Beber chás relaxantes: o relaxamento induzido através da ingestão de chás de ervas como a camomila e erva-doce produzem uma sedação leve, sem causar efeitos secundários adversos. Se você não tem o hábito de beber chás, é aconselhável que passe a fazê-lo. Os orientais, por exemplo, já conhecem seus benefícios há séculos e em muitos países da Ásia é a bebida diária, sendo, inclusive, oferecida aos visitantes.

6) Meditação: já foi comprovado que a prática diária da meditação é um meio eficiente para a redução dos níveis de ansiedade, entre outros benefícios, como aumento do autoconhecimento e da inteligência emocional, gerenciamento da raiva, etc. A meditação é fácil e gratuita. Existem dezenas de técnicas e o seu maior trabalho será descobrir qual a que mais se identifica com você.

7) Yoga: esta disciplina ou prática oriental fornece um meio termo entre a meditação e a prática do exercício físico. Nem todas as pessoas são apreciadoras das suas posturas extremas e filosofia única, mas os adeptos afirmam que ela foi fundamental para mudar a sua vida. Prefira a yoga tradicional, que mescla os exercícios físicos com a respiração e atitude mental adequadas, não aquela que aparece como modismo nas academias a cada ano.

meditation stone

8) Pensar positivo: existe uma ligação direta entre os seus pensamentos e as suas emoções. Eu sei que quando você está se sentindo ansioso será difícil pensar positivo. Mas o cérebro é um músculo e como tal pode ser treinado. Você pode tentar o seguinte exercício: pare por um minuto ou dois, feche os olhos, inspire profundamente pelo nariz e expire pela boca. Isso vai oxigenar o seu cérebro e já vai diminuir um pouco a sensação ruim. Lembre-se de uma situação em que você se sentiu muito bem, relaxado e feliz. Pode ser qualquer coisa, o nascimento do seu filho ou uma promoção no trabalho. O importante é que você SINTA novamente o que você sentiu naquele dia. Ao trazer as imagens de volta com nitidez, você trará o sentimento atrelado a elas e ele vai substituir a sensação de ansiedade, ou pelo menos, vai diminuí-la. Quanto mais tempo você conseguir sustentar a imagem, melhor será.

9) Florais: nos dias de hoje existem diversos tipos de florais alquímicos que tratam muitos sentimentos, entre eles, a ansiedade. Você pode encontrar em farmácias especializadas sem precisar de prescrição médica. Eles funcionam com a mesma lógica dos chás calmantes, por serem feitos a partir de extratos de plantas, também possuem propriedades calmantes.

10) Tenha um hobby: de preferência algo que não tenha nada a ver com sua atividade profissional. Pode ser artesanato, fotografia ou aulas de dança. Isso vai distrair seu cérebro das causas da ansiedade, além de desenvolver seu lado criativo, responsável pela solução dos problemas. Quem sabe você não consegue encontrar a solução pra sua fonte de ansiedade?

Se você tem dificuldades em focar no que vale a pena ou se concentrar em seus objetivos, CLIQUE AQUI e conheça um método que pode ajudar.

Red-DVI-People-Hobbies

Sobre o Autor

Eduardo Correa

Eduardo Correa

Meteorologista de formação, que usa a corrida como terapia, e é apaixonado por psicologia do comportamento humano e dinâmicas sociais. Nos últimos anos dedicou-se ao Auto-Conhecimento e Desenvolvimento de Pessoas. Como Coach de Carreira ajuda profissionais insatisfeitos com a atual profissão a encontrarem trabalhos mais alinhados com seu Propósito de Vida.

Acesse www.coacheduardocorrea.com.br/blog
Curta www.facebook.com/suaproximacarreira

Deixe um comentário