COACHING COACHING MOTIVACIONAL

Como Criar TEMPO na SUA VIDA – parte 3 (A Procrastinação Produtiva)

procrastinate_rect
Eduardo Correa
Escrito por Eduardo Correa

Todo mundo, em algum momento, procrastina. Até mesmo as pessoas mais produtivas que você conhece. Eu mesmo, quando estava escrevendo esse artigo me peguei olhando alguns e-mails sem necessidade. Mas existe uma solução simples e bem interessante: a procrastinação produtiva. Quer saber como funciona?

Parece estranho ver essas duas palavras juntas na mesma frase, não é mesmo?!

Momento Cultura Inútil: você sabe o significado de procrastinar? A palavra vem do latim procrastinare, que é a união do prefixo pro (encaminhar) e castinus (amanhã). Resumindo: enrolar e deixar tudo para amanhã, depois de amanhã ou semana que vem.

Mas será que isso tem solução? Ou melhor será que precisa ser solucionado? E se, em vez de você ficar gastando energia e sofrendo para combatê-la, você a tornasse sua aliada? Sim, é possível.

procrastinar07Segundo John Perry, autodenominado procrastinador nato e filósofo da Universidade de Standford as pessoas que gostam de deixar tudo para amanhã podem ser muito produtivas se souberem utilizar a procrastinação a seu favor. Tudo seria uma questão de mudança de hábito.

John, que fez carreira como docente universitário e ganhou fama de ser uma pessoa que faz muitas coisas, escreveu um pequeno livro, chamado “A Arte da Procrastinação“, onde ele conta como conseguiu conviver com a procrastinação e ainda criar um estilo de vida bem sucedido. Ele criou o conceito de procrastinação estruturada ou produtiva, uma forma que ele mesmo definiu para continuar procrastinando, mas mesmo assim cumprir diversas tarefas.

A ideia central do livro é que a procrastinação não precisa ser encarada como algo extremamente ruim. Utilizada de forma correta pode até ser algo bom. O conceito se baseia no auto-engano: em geral, quem procrastina não gosta de estar parado, mas tem dificuldades em fazer as coisas que estão no topo da lista como prioritárias. Então, o conceito de urgência acaba sendo relativo, e o prazo das tarefas é postergado.

A idéia é bem simples: se vai procrastinar (e você vai) que faça isso com alguma tarefa que você precisa fazer.

Como funciona: você tem sua lista de tarefas do dia e sabe que algumas são de extrema importância e outras nem tanto. Se você é uma pessoa procrastinadora vai fazer de tudo para deixar para depois as tarefas mais chatas, que são na maioria das vezes as mais importantes. Ao invés de ir fazer algo que não está em sua lista e que vai acabar com sua produtividade e tempo, procrastine escolhendo fazer alguma outra tarefa da lista que você queira naquele momento. Simples e funcional.

Exemplo prático –  digamos que a sua lista de tarefas seja essa:

# Ler o planejamento do novo projeto;

# Emails: responder todos;

# Arrumar agenda do dia;

# Entregar relatório pro chefe;

# Me atualizar sobre meu mercado de atuação lendo alguns sites;

Agora digamos que você por prioridade (ou prazo) tenha definido que entregar o Relatório pro chefe (algo chato, a não ser que você goste de planilhas) seja a primeira tarefa do dia. Então você percebe que não quer fazer isso e começa a dar aquela espiadinha no Facebook, vai bater um papo com o colega de trabalho da mesa do lado ou fica vendo suas mensagens no Whatsapp. Nenhuma dessas tarefas é produtiva, certo?!

Então, seguindo o conceito da procrastinação produtiva, você escolhe uma tarefa que está na lista, como por exemplo, se atualizar lendo alguns sites e depois arrumar sua agenda. Depois você retorna ao relatório. Bem melhor, não?!

Mesmo que você não consiga se livrar da procrastinação, tenha sempre em mente que ela é um hábito, e hábitos podem ser mudados. Mas enquanto você não muda o seu, pelo menos vai usando de forma mais produtiva e estruturada, de modo que não seja um empecilho ao alcance das suas metas, nem um gerador de frustração e estresse.

Se você tem dificuldades em focar ou se concentrar em seus objetivos, e acha que a procrastinação e a falta de iniciativa podem colocar em risco o futuro que você deseja, conheça um método que pode te ajudar: o curso O Poder do Foco.

Sobre o Autor

Eduardo Correa

Eduardo Correa

Meteorologista de formação, que usa a corrida como terapia, e é apaixonado por psicologia do comportamento humano e dinâmicas sociais. Nos últimos anos dedicou-se ao Auto-Conhecimento e Desenvolvimento de Pessoas. Como Coach de Carreira ajuda profissionais insatisfeitos com a atual profissão a encontrarem trabalhos mais alinhados com seu Propósito de Vida.

Acesse www.coacheduardocorrea.com.br/blog
Curta www.facebook.com/suaproximacarreira

1 Comentário

Deixe um comentário