MUNDO SAÚDE PERSONAL PILATES

O QUE É REALMENTE VERDADE SOBRE OS EXERCÍCIOS ABDOMINAIS?

Capa
Flavia Bosco
Escrito por Flavia Bosco

Olá pessoal!

Na academia, no tapete da sala ou até com aparelhos específicos. Quem nunca tentou, pelo menos uma vez na vida, praticar abdominais? Se a sua resposta é afirmativa, você provavelmente estava buscando uma barriga com músculos mais definidos. O abdominal é um ótimo exercício quando o objetivo é alcançar a famosa barriga tanquinho, mas ainda existe muita confusão quanto a sua verdadeira ação. Hoje separei algumas dúvidas que são muito recorrentes no que diz respeito aos exercícios abdominais, alguns mitos que foram criados ao longo do tempo. Acredito que essas dúvidas e essa vontade de fazer exercícios abdominais se deem pela vontade de ter um “abdômen sarado” ou aquela “barriguinha tanquinho”, o que leva a grande maioria das pessoas a acreditarem em inverdades.

Então vou esclarecer para vocês algumas dúvidas recorrentes no que diz respeito aos exercícios abdominais:

A primeira grande dúvida é:

Exercícios abdominais fazem “perder barriga” ou “emagrecem”?

Não, não existem fórmulas ou exercícios localizados milagrosos para perder barriga, exercícios abdominais não fazem perder barriga e não vão ser responsáveis pela redução de peso.

Não acredite em tudo que você vê na internet.

Exercícios abdominais servem para promover resistência muscular abdominal ou hipertrofia muscular abdominal.

O que faz reduzir o percentual de gordura corporal (total e não de maneira localizada) são os exercícios aeróbios (caminhada, natação, corrida entre outras) e uma boa reeducação alimentar.

A segunda dúvida é:

Exercícios abdominais podem ser feitos todos os dias?

A resposta a essa pergunta vai depender do seu objetivo. Para aqueles que buscam uma resistência da musculatura abdominal e não tem como objetivo a hipertrofia, pode sim realizar exercícios para essa musculatura todos os dias, desde que não sejam treinos muito intensos, fazendo uma variação dos exercícios e da musculatura abdominal exigida, pois a nossa musculatura abdominal é igual a todas as outras e necessita de descanso.

Se o seu objetivo em realizar exercícios abdominais e a hipertrofia muscular “abdômen tanquinho” você terá que fazer treinos abdominais mais intensos, isso leva a uma depleção maior do sistema energético além de provocar micro traumas na musculatura, que precisará de 24h à 48h para se recuperar . Esse tempo de recuperação é necessário para fibra muscular se recompor é esse processo que proporciona o crescimento e definição da musculatura.

Mais uma grande dúvida

“Quanto maior o número de repetições, melhor e mais rápido será o resultado?”

Todos os treinos em sua periodização tem uma relação volume (tempo/repetições) x intensidade (carga) que variam de acordo com o objetivo.

Os treinos de hipertrofia para qualquer musculatura se baseiam em um baixo número de repetições e uma carga grande, para quem quer resultados mais visíveis, como uma barriga tanquinho, muitas repetições não são o mais indicado. Esse resultado pode ser obtido com uma combinação de treino específico, treino aeróbio, alimentação e repouso, logo, se seu objetivo é hipertrofia abdominal será mais eficaz o incremento de carga do que realizar 50 repetições. Mais se o seu objetivo e ter uma musculatura abdominal resistente, para proteção da coluna ( suportar as sobrecargas diárias ) ou para melhorar o desempenho em alguma modalidade esportiva aí sim vale a pena o trabalho com base no aumento de repetições e uma carga baixa ou só com o peso corporal.

Se vocês tiverem alguma outra dúvida mande para o blog que terei um enorme prazer em esclarecê-la.

Antes de iniciar qualquer treinamento procure um profissional de educação física para orientá-lo. FICA A DICA!

Sobre o Autor

Flavia Bosco

Flavia Bosco

Flavia Bosco iniciei minha formação em Enfermagem pela Universidade Gama Filho, mas meu sonho sempre foi a Educação Física. Após 3 anos e meio de faculdade resolvi lutar pelo que sempre quis e consegui. Hoje sou formada em Educação Física bacharelado e licenciatura pela universidade Gama Filho.
Trabalhei como professora de musculação, Personal Training, Avaliação física, Treinamento funcional, Corrida, Eventos (na área da Educação Física), mas nada me encantou tanto quanto o método Pilates, paixão que tento passar para todos os meus alunos.
Montei meu primeiro Studio (Corporeal Pilates) junto com meu sócio Igor Borges há mais de um ano, ao qual me dedico integralmente.

Deixe um comentário