PERSONAL

PRECISAMOS COMER DE TRÊS EM TRÊS HORAS?

Portrait of young adult woman holding up a piece of fruit.
Luciana Bittencourt

Você já deve ter ouvido falar que devemos comer de 3 em 3 horas, e será que isso é mesmo verdade? Ou será que é mito?

Antes de responder essa pergunta vamos entender um pouco melhor como funciona nosso organismo após uma refeição:

A digestão começa na boca.

A digestão começa na boca.

Ao ingerirmos um alimento, nosso corpo começa imediatamente o processo de degradação das partes do alimento em partes menores (os nutrientes) para fazer a absorção dos mesmos, é o que chamamos de digestão. Nas primeiras duas horas da digestão, há um aumento do nível de glicose em nosso sangue. Depois desse período, esse índice começa a diminuir. Se não nos alimentamos, nosso corpo começa a manifestar os sinais de hipoglicemia (baixa da concentração de glicose no sangue), como a glicose é a principal fonte de energia do organismo, sua falta causa:  diminuição da concentração, fraqueza, sonolência e até tontura e tremores. Portanto, se alimentar de forma fracionada ao longo do dia além de ser importante para manter o nível de glicose equilibrado, nos ajuda a evitar aquela sonolência no período do trabalho e facilita a concentração e atenção para realizar as atividades.

Viu só? Então NÂO é MITO que devemos comer de três em três horas, é VERDADE!!!!

Outra dica legal sobre a alimentação fragmentada ao longo do dia é que é uma forma de equilibrar as refeições e evitar pratos exagerados, com muito mais comida do que realmente precisamos para saciar nossa fome. Se ficamos muito tempo sem nos alimentar a tendência é que venhamos a sentir mais fome, o que nos levará a ingerir uma quantidade maior do que a adequada, então, ta aí mais um motivo para comermos de 3h em 3h. ;)

Períodos longos sem comer levam a exageros

Períodos longos sem comer levam a exageros

Além disso, comer de três em três horas contribui para a perda e manutenção do peso corporal de forma saudável. Quando ficamos longos períodos sem nos alimentar e, consequentemente, sem fornecer glicose para o organismo trabalhar, o corpo busca outra fonte de energia. A perda de peso ocorre, mas não por perda de gordura, e sim de massa muscular.

Não perca sua massa magra, fique atento!

Não perca sua massa magra, fique atento!

E ninguém aqui quer perder a massa muscular que tanto ralamos para conseguir né? Então não vamos dar esse mole galera…alimentação regrada vai fazer toda a diferença na hora de subir na balança e substituir a massa gorda pela massa magra!!! Vamos que vamos!!! E até a próxima!!!

Sobre o Autor

Luciana Bittencourt

Luciana Bittencourt

Nutricionista -UFRJ
Mestre em Nutrição - UFRJ
Pós-Graduação em Alimentação e Cultura - ENSP/FIOCRUZ
Ex-professora supervisora de Estágio em Ciência de alimentos da UERJ
Docente do SENAC RIO
Doutoranda em Ciência de Alimentos - UFRJ
Nutricionista clínica da Nutriemotion - atua em todas as áreas do atendimento nutricional, focando na orientação para a mudança de hábitos alimentares com intuito de orientar a adoção de um estilo de vida mais sudável.