QUASE SARADO

RESULTADOS OBTIDOS APÓS DEPOIS DE 100 DIAS DE DIETA    

SEM-GLUTEN-SEM-LACTOSE
Renato Giannini
Escrito por Renato Giannini

A nossa percepção sobre o próprio corpo muitas vezes é distorcida. Embora você saiba que está emagrecendo, demora a perceber ou mesmo materializar de fato a perda de peso e redução de medidas vindos com a dieta. Como sou um eterno insatisfeito, sempre achando que pode ser melhor, nunca acho tão bom quanto os outros. Tenho um objetivo e, caso não esteja próximo a ele, não dou a missão como cumprida.

Ultimamente tenho realmente me achado magro. Fotos não me causam vontade de gritar. Voltei a ter vontade de comprar roupas. E acabo escolhendo o que quero, já que tudo cabe em mim. Sim, estou vestindo o número 42 de qualquer loja.

"gente, essa calça cabe em mim! Eu juro! Deve ser vácuo!" Eu juro que estou de dieta!

“gente, essa calça cabe em mim! Eu juro! Deve ser vácuo!” Eu juro que estou de dieta!

VAMOS VERIFICAR A DIETA?

No dia primeiro de junho voltei ao consultório do Doutor Rainer Moreira. Já se foram 100 dias desde que comecei a dieta. E quem me lê por aqui lembra o quanto foi traumática a primeira consulta. Mesmo para alguém que se julga tão objetivo e realista (sim, eu me julgo assim) não é fácil ouvir as palavras obeso e doente. E aquele papinho de “tenho estrutura larga” ou “tenho muita massa muscular” acaba minimizando a realidade dos fatos: sim, você está obeso. É claro que os números devem ser avaliados e a observação visual levada em consideração. Mas na maioria dos casos é gordura mesmo. Não se iluda e não escape da dieta.

Separei três informações que obtive na consulta.

FEVEREIRO

ABRIL JUNHO
PESO (kg)

96,8

88,8 87,1

-1,7

GORDURA

28%

25.1% 22.1%

-3.0%

MASSA MAGRA (kg)

69,7

66,5 67,9

1,4

 

Toda a saga dos primeiros quarenta dias de dieta foi contada aqui no blog. Leiam os posts anteriores cheios de sofrência. O interessante é focar no intervalo entre abril e junho. Neste período eliminei mais 1,7 kg. Pra quem já tinha perdido oito é um grande feito. Mas o que  me animou foi o ganho de massa magra. Neste período foi de 1,4 kg. O que faz parecer que eu perdi muito mais peso, principalmente por causa da circunferência abdominal. O percentual de gordura caiu três por cento.

E neste ponto constatamos que, somente na leitura dos números, eu ainda continuo com sobrepeso. Mas na avaliação visual, não. Ou seja: não preciso mais eliminar quilos. Agora é só ganhar massa muscular mesmo (e quem sabe atingir as metas propostas para agosto?).

Tenho muito pudor em colocar foto do meu resultado na web. Primeiro porque acho que não estou lá grandes coisas. E segundo acho o maior mico mostrar pança e pneu. Mesmo do passado. Mas serei ousado. Se vocês conseguirem identificar quem é quem, olha o antes e depois aí debaixo.

Este é o meu antes e depois. E o pior: no antes eu já tinha emagrecido bastante! 100 dias de dieta sem glúten e sem lactose.

Este é o meu antes, durante e depois. E o pior: no durante eu já tinha emagrecido bastante! #treva 100 dias de dieta sem glúten e sem lactose.

 

 O que mudou na minha dieta a partir de agora:

  • Ganhei mais uma refeição: agora como seis vezes ao dia;
  • Banana e abacate estão liberados com moderação, exceto no pré-treino. Após o treino, sim!
  • O restante permanece pra vida: sem glúten, sem lactose e sem cafeína antes das 11h.

Você gostaria de conhecer receitas livres de glúten e lactose? Visite o site www.semglutensemlactose.com.

 

halter

Sobre o Autor

Renato Giannini

Renato Giannini

"Defino-me um obstinado. Não vou morrer sem conseguir ficar sarado". Desejo pouco: apenas BF abaixo de 2 dígitos e braço de meio metro. Professor, marketeiro e colunista do zBlog tenta alcançar seus objetivos enfrentando hérnia de disco, lesões e paralisias. Existe shape vencedor após os 40? Seriam os sarados astronautas? Muitas questões. Poucas respostas.

Deixe um comentário